Açaí E Seus Benefícios Para Uma Boa Saúde.

acai-origem-beneficios-para-saude

O açaí é um alimento muito importante na dieta dos nortistas do Brasil, onde seu consumo remonta aos tempos pré-colombianos. Hoje em dia, é cultivado não só na Região Amazônica, mas em diversos outros estados brasileiros, sendo introduzido no resto do mercado nacional durante os anos oitenta e noventa. Os estados do Pará e Amazonas, no Brasil, são os maiores produtores da fruta, sendo, juntos, responsáveis por mais de 85% da produção mundial. O açaí é considerado, por muitos, uma iguaria exótica, sendo apreciada em várias regiões do Brasil e do mundo.

 

BENEFÍCIOS DO AÇAÍ

O açaí, fruta que faz o maior sucesso nas academias brasileiras, agora conquistou o exterior. O motivo é que os pigmentos que dão à fruta aquela cor roxa intensa possuem ingredientes que, de tão nutritivos, fazem dele um dos alimentos mais saudáveis que existem.

“A alta quantidade de compostos que trazem benefícios ao corpo fazem do açaí um alimento poderoso”, afirma a nutricionista Ana Paula Mendonça. O açaí é rico em vitaminas, cálcio, ferro, fibras, fósforo, minerais e potássio. Confira o que mais essa fruta tropical pode fazer pela sua saúde e inclua já o açaí no seu dia a dia:

Até o começo dos anos 1980, esse alimento circulava mesmo era na região norte do país, fazendo grande diferença na alimentação e na cultura do povo local. Entre os anos 1980 e 1990 passou a ser introduzido de maneira geral no mercado nacional. E, no últimos tempos vem ganhado espaço e sendo cultivado em diversos outros estados do país.

De qualquer maneira, o açaí ajuda a manter a boa saúde e a longevidade. Sendo excelente para quem tem o dia agitado, pratica exercícios físicos e gosta de se alimentar bem, fugindo do colesterol ruim e outros malefícios que uma alimentação desregrara e industrializada pode trazer. Aqui vamos conhecer as propriedades do açaí e os benefícios do seu consumo. Veremos também porque é tão bom para os atletas e como consumir sem extrapolar a quantidade diária limite. Além do mais, é evidente que descobriremos porque está a cada dia mais conquistando o Brasil.

 

PROPRIEDADES DO AÇAÍ

O açaí possui mais propriedades antioxidantes do que a uva e portanto, com o auxílio da vitamina E, consequentemente distribui Ômega-6 e Ômega-9, combate o colesterol ruim do corpo e melhora a circulação sanguínea. Por isso atua contra a velhice precoce e vários problemas cardíacos. Essa fruta também ajuda no combate ao câncer por possuir ácido oleico, retardando assim o desenvolvimento de tumores e contribuindo na destruição das células cancerígenas.

 

Outra doença que o açaí ajuda a prevenir é a osteoporose. Afinal de contas, é um alimento rico em cálcio e potássio. Ainda tem o ferro, que previne e combate a anemia, mais o fósforo, além de outros minerais.

 

Como toda fruta, o açaí também é uma excelente fonte de fibras. Essa quantidade presente é suficiente para que haja ótima saciedade de quem o consome. Portanto, a frutinha ajuda nas dietas. O lado que pode acarretar em algum problema a quem deseja emagrecer é o do açaí ser rico em carboidratos.

 

Entretanto, se a pessoa pratica atividades físicas regularmente, esses carboidratos, caso consumidos de maneira correta, isto é, sem exageros, não tendem a preocupar. A não ser que a pessoa sofra de diabetes, pois aí deverá se manter afastada mesmo. Por isso o interessante do açaí não é apenas comê-lo por comer e sim incorporá-lo numa dieta saudável, equilibrada e acompanhada de exercícios físicos regulares.

 

O açaizeiro é semelhante à palmeira-juçara (Euterpe edulis Mart.) da Mata Atlântica, diferenciando-se porque cada planta de juçara tem somente um caule mas os açaís crescem em touceiras de 4 a 8 estipes (troncos de palmeira) cada um de 12 m de altura e 14 cm de diâmetro ponto-médio e podendo chegar até uns 20 metros.

 

USOS DO AÇAÍ

beneficios-açaí 2

O açaí é muito consumido como suco ou pirão e cujo gomo terminal constitui o palmito. Assim, pode ser consumido na forma de bebidas funcionais, doces, geleias e sorvetes. O fruto é colhido por trabalhadores que sobem nas palmeiras com auxílio de um trançado de folhas amarrado aos pés.

Para ser consumido, o açaí deve ser primeiramente despolpado em máquina própria ou amassado manualmente (depois de ficar de molho na água), para que a polpa se solte e, misturada com água, se transforme em um suco grosso também conhecido como vinho do açaí.

Na Amazônia, o açaí é consumido tradicionalmente junto com farinha de mandioca ou tapioca geralmente gelado. Há quem prefira fazer um pirão com farinha e comer junto com peixe assado ou camarão, ou mesmo os que preferem o suco com açúcar.

Além do uso de seus frutos como alimento ou bebida, o açaizeiro tem outros usos comerciais. As folhas podem ser feitas em chapéus, esteiras, cestos, vassouras de palha e telhado para casas, e madeira do tronco, resistentes a pragas, para construção civil. Os troncos da árvore podem ser processados para produzir minerais. O palmito é amplamente explorado como uma iguaria. O óleo de açaí também possui diversas propriedades químicas que causam efeitos benéficos no corpo humano.

Despolpamento mecânico em máquina utilizada no preparo do vinho. Usada em substituição às primitivas de rotação manual

As sementes limpas são muito utilizadas para o artesanato.

Nas demais regiões do Brasil, o açaí é preparado da polpa congelada batida com xarope de guaraná, gerando uma pasta parecida com um sorvete, ocasionalmente adicionando frutas e cereais. Conhecido como açaí na tigela, é um alimento muito apreciado por frequentadores de academias e desportistas, já que as propriedades estimulantes presentes no fruto são semelhantes às encontradas no café ou em bebidas energéticas. O açaí também ajuda na eliminação de resíduos do corpo, garantindo saúde para seus consumidores.

IMPORTÂNCIA COMERCIAL

O açaí é de grande importância para a sua região de cultivo em virtude de sua utilização constante por grande parte da população, principalmente os ribeirinhos. Nas condições atuais de produção e comercialização, a obtenção de dados exatos é quase impossível, devido à falta de controle nas vendas, bem como à inexistência de uma produção racionalizada, uma vez que a matéria-prima consumida se apoia pura e simplesmente no extrativismo e comercialização direta. Nos estados do Amazonas e Pará, principais produtores, o consumo de açaí, em litros, chega a ser o dobro do consumo deleite.

Comércio de açaí no mercado do Ver-o-peso em Belém do Pará.

Neste sentido, constitui-se num item de alimentação fundamental para muitas pessoas. A exportação em grande escala, entretanto, tem ocasionado uma diminuição significativa na qualidade do suco consumido pela população de baixa renda que, para consumir o fruto com uma qualidade razoável necessitaria pagar mais caro, inviabilizando sua aquisição. Uma alternativa comumente buscada por essa pessoas é a chula, um suco ralo feito a partir do açaí.

A mistura com água e outros ingredientes, promovida fora da Região Norte do Brasil,reduzindo a participação efetiva de açaí na mistura, é devido ao alto custo que seria exportar açaí do Norte, para outras regiões do país. Para se tornar economicamente viável, comerciantes passaram a misturar o açaí original, adquirido a alto custo, com outros elementos de menor valor econômico, viabilizando a venda. O detalhe é que isso gerou uma distorção na concepção de consumo da fruta: muitos brasileiros não sabem que o fruto é nativo do Norte ou que é consumido puro. Na Região Norte, tanto humildes ribeirinhos (moradores tradicionais das margens dos rios) como as classes economicamente mais favorecidas dos grandes centros urbanos consomem açaí sem os artifícios comumente empregados em outras regiões do país, considerando o açaí de duas classes: o açaí integral, sem tais artifícios, e o açaí misturado, que é aquele no qual se acrescenta água para dar mais volume e muitas das vezes até amido com intuito de obter mais consistência, comercializado com frequencia em todo o país.

 

BENEFÍCIO NUTRICIONAL

Apesar do alto teor de gordura do açaí, trata-se em grande parte de gorduras monoinsaturadas (60%) e poliinsaturadas, também presentes no abacate. Estas gorduras são benéficas e auxiliam na redução do colesterol ruim (LDL, melhoram o HDL, contribuindo na prevenção de doenças cardiovasculares como o infarto do coração e previnem, até mesmo obesidade, problemas de memória e fraqueza física). A antocianina, pigmento que tinge os dentes com a cor arroxeada, possui grande capacidade de combate aos radicais livres, moléculas que destroem as células sadias do nosso corpo.

 

Conheça beneficios do Açaí

 

 

Gostou, Compartilhe!

    Quer Receber As Melhores Dicas Emagrecimento? Então Deixe Seu E-mail e Receba As Melhores Dicas Para Emagrecer!